• Histórias Estranhas
  • A Quarta Dimensão
  • Adolpho Werneck - Vida e Obra
  • Arquivos de Guerra

14 de julho de 2010

As Séries de Monet

O pintor francês Oscar Claude Monet (1840-1926) foi um dos fundadores do Impressionismo, a escola recebendo esse nome devido à sua obra Impression, soleil levant (1872). Filho de um merceeiro, Monet deixou de lado o negócio da família para em 1851 iniciar o estudo de artes em Le Havre, onde vendia desenhos a carvão por vinte francos. Em 1856 conheceu o pintor francês Eugène Boudin (1824-1898), com quem aprendeu pintura a óleo e as técnicas en plein air ("em pleno ar", a céu aberto), que se tornariam fundamentais em sua obra.

Adepto da pintura de paisagens, Monet não apenas fez variações de seus quadros mostrando condições climáticas diferentes, como registrou a passagem do tempo dentro de um dia ou ao longo das estações. A expressão mais manifesta disso em sua obra são suas séries, exibindo uma mesma paisagem, algumas inclusive do mesmo ponto de vista, ao longo do tempo. Dentre estas séries incluem-se:

 Meules ("Pilhas", 1890/91), mostrando montes de feno em um campo;








Esquerda: "Montes, meio-dia", 1890/91, óleo sobre tela, 65.6x100.6 cm, National Gallery of Australia. 
Direita: "Montes, entardecer, efeito de neve" 1890-91, óleo sobre tela, 65.3x100.4 cm, Art Institute of Chicago

La Cathédrale de Rouen ("A Catedral de Rouen", 1892/94), mostrando a fachada da Catedral;


Esquerda: "Catedral de Rouen, portal e torre São Romão, efeito da manhã, harmonia branca", 1892/93, óleo sobre tela, 106x73 cm, Musée d'Orsay
Direita: : "Catedral de Rouen, portal ao sol", 1892, óleo sobre tela, 100x65 cm, National Gallery of Art



Maisons du parlement ("Casas do Parlamento", 1900/04), mostrando o Palácio de Westminster, sede do Parlamento Britânico; e










Esquerda: "Casas do Parlamento, sol através da névoa", 1904, óleo sobre tela, 81x92 cm, Musée d'Orsay
Direita: "Casas do Parlamento, entardecer", 1902, óleo sobre tela, 81,6x93 cm, National Gallery  of London

Peupliers ("Álamos", 1891), mostrando álamos ao longo do rio Epte.

Esquerda: "Álamos ao sol", 1891, óleo sobre tela, 93x73,5 cm, National Museum of Western Art
Direita: "Álamos, outono", 1891, óleo sobre tela, 92x73 cm, coleção particular

2 comentários:

Wind Zackie

Puxa!

Nada como gotas homeopáticas de cultura! keep up the good work =D

Carol

Gostei muito! Os quadros são realmente lindos também... =)

Comente...